Um mercado para fazer nascer uma nova comunidade Slow Food

10 Abr 2018

 width=Artur e Justyna Kinasz são jovens, mas já fizeram muito por sua cidade. O mercado Targ Pietruszkowy, em Cracóvia, o primeiro Mercado da Terra da Polônia, nasceu graças a seu trabalho.

Desde que o mercado de carnes de Podgórze, em Cracóvia, foi demolido, esse bairro da margem direita do rio Vístula nunca mais teve um mercado. O famoso mercado, ativo até pouco antes da segunda guerra mundial, nunca foi reconstruído.

Por que não recriar um mercado que desse aos produtores da região de Małopolska a possibilidade de vender produtos frescos de uma agricultura saudável, sem uso de produtos químicos, diretamente aos consumidores? O projeto do mercado, em pouco tempo, reuniu cerca de oitenta pequenos produtores, cuidadosamente selecionados por Artur e Justyna, segundo critérios simples, mas rigorosos: origem local (a uma distância máx. de 150 km da cidade), sem produtos químicos, presença do produtor ou familiares no mercado. Verduras e frutas frescas, pães, óleos, sucos de fruta, conservas, mel, carnes, leite, ovos, queijos, peixes de água doce, farinhas, doces: hoje, os moradores do bairro encontram produtos saudáveis a poucos passos de casa.

Algumas bancas também vendem comidas de rua, preparadas com ingredientes vindos diretamente do mercado.

mercato cracoviaTodos os produtos à venda têm certificação orgânica ou seguem um sistema de garantia interna, com análises realizadas regularmente pelos organizadores do próprio mercado. Os produtos vegetais não podem ser tratados com fitofármacos. As carnes e peixes não podem conter antibióticos, e os animais não podem ser alimentados com ração artificial. Se o teste for positivo, o produtor é afastado do mercado.

Os resultados são disponíveis a todos para consulta.

O mercado é administrado por uma fundação sem fins lucrativos criada por Artur e Justyna, que colabora ativamente com outras associações e com a Fundação Kupuj Odpowiedzialnie (The Buy Responsibly Foundation). A Fundação trabalha com desenvolvimento sustentável e tutela ambiental; consumo e produção responsáveis; e respeito aos direitos humanos e aos princípios ambientais no mundo dos negócios. Graças a essa colaboração, o mercado organiza dias dedicados a temas específicos: venda de produtos do comércio justo, defesa do meio ambiente, consumo responsável. O lucro é usado para melhorias no próprio mercado. Atualmente, por exemplo, há a necessidade de comprar aquecedores para as bancas para que possam enfrentar melhor o frio dos dias de inverno.

Perto do mercado, a Fundação também abriu o bistrô Gotujemy, que serve pratos preparados com ingredientes dos produtores do Mercado da Terra, cujos nomes são indicados no cardápio.

O mercado de Cracóvia é um dos primeiros exemplos de Comunidade do Terra Madre – Slow Food que aderiu ao movimento, assinando o manifesto, e comprometendo-se a apoiar a campanha Food for Change nos próximos três anos

Mude o mundo através da comida

Aprenda como você pode restaurar ecossistemas, comunidades e sua própria saúde com nosso kit de ferramentas RegeneAction.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Nome
Privacy Policy
Newsletter