TERRA MADRE SALONE DEL GUSTO 2020 – OS PRIMEIROS PASSOS

24 Jan 2020

Bom dia! Faltam pouco mais de 250 dias para a abertura dos portões do Lingotto Fiere e para a XIII edição do Terra Madre Salone del Gusto, de 8 a 12 de outubro em Turim, mas nós já estamos vibrando.

No início do mês de fevereiro, colocaremos online a primeira versão, um rascunho, na verdade, do que vai ser o site dedicado ao evento e que conterá tudo aquilo que sabemos até o momento … bem, não tudo, porque a maioria dos detalhes (por ex. a parte gráfica, os eventos programados, os parceiros e suas atividades e as áreas especiais do evento) sobre os quais ainda estamos trabalhando, serão revelados no dia 4 de junho durante a apresentação oficial.

Como não gostamos de segredos, podemos começar a dizer-lhes algumas coisas. Vamos começar contando principalmente as histórias dos protagonistas que vão nos acompanhar a partir de agora até o começo de junho.

Por quem começar?

OS PRODUTORES DO MERCADO DE TERRA MADRE SALONE DEL GUSTO, PELO DESENHO DE UMA NOVA GEOGRAFIA

Sem dúvida, podemos começar pelos primeiros expositores que inscreveram-se no evento e que, no Mercado, posicionam-se como expressão da nova geografia do evento alicerçada sobre quatro ecossistemas (com seus elementos físicos, ecológicos e culturais) e não sobre as fronteiras políticas.

Por isto, no Terre d’Acqua (Terras d’Água) será possível encontrar os orizicultores italianos que cultivam nas planícies ao lado de orizicultores filipinos e chineses que fazem o plantio em terraços; ou avaliar diferentes tipos de bottarga (sarda, toscana, siciliana)  e compará-los com outras produzidas pelo mundo. No Terre Alte (Terras Altas) encontraremos os pastores e os queijeiros que produzem queijos naturais, de leite ou de ervas, além de todos os plantios típicos da agricultura de montanha, desde as batatas andinas ao amaranto, ao teff, até muitos outros tipos de cereais e de legumes. No Terre Basse (Terras baixas) o foco principal estará sobre as produções artesanais, de produtores de pequena escala, e sobre a forma come eles enfrentam mundo da produção industrial: sabem a diferença entre uma grande criação intensiva de gado e um negócio rural diversificado, onde há poucos animais e onde o bem-estar desses animais é respeitado? E, para completar, o haverá o pavilhão Terre e città (Terras e Cidades), que é a nossa grande aposta, pois não podíamos prescindir dessa subdivisão de ecossistemas que, no nosso século, tornou-se o fator mais incisivo dentre todos: as cidades como os lugares potencialmente mais inovadores do planeta (infelizmente porém, teatros de conflitos sociais e desigualdades econômicas), que possuem massa crítica e recursos para experimentar as mais ousadas reviravoltas.

No percurso de aproximação ao evento vamos dar espaço às vozes e aos depoimentos dos protagonistas e tentaremos sugerir itinerários diferenciados e interessantes para visitar.

OS DELEGADOS INTERNACIONAIS, PARA CONSTRUIR JUNTOS UM FUTURO MELHOR

Como ocorre em todas as edições do evento, também em 2020 haverá a ampla participação de delegações vindas do mundo inteiro, principalmente porque, contemporaneamente ao Terra Madre Salone del Gusto, haverá o VIII Congresso Internacional do Slow Food (de 8 a 12 de outubro, em Turim no Lingotto Fiere).

Terra Madre Salone del Gusto e o Congresso Internacional complementam-se trabalhando lado a lado para apresentarem uma visão coerente e enfrentarem, com um viés diferente e segundo formas diversificadas, os mesmos temas, visando construir juntos o futuro da alimentação e afirmar o Slow Food como o movimento que, graças às próprias propostas e à difusão penetrante da própria rede faz-se reconhecer como líder mundial na promoção de uma mudança decidida do sistema de alimentação atual.

Então, fiquem de olho nas histórias  que contaremos sobre os nossos delegados. Porque essas histórias são bonitas, fortes e também porque fazem com que entendamos que um futuro diferente, mais amável para com o nosso planeta e mais justo para com o trabalho das pessoas, é, realmente, possível.

AS FAMÍLIAS ACOLHEDORAS E AS CIDADES DO TERRA MADRE, PARA ABRAÇAR O MUNDO, COM ALEGRIA

Se  os delegados internacionais nos guiam na descoberta dos alimentos do mundo e nos fazem conhecer os desafios que diariamente enfrentam, não podemos nos esquecer das energias que a Região Piemonte e a Cidade de Turim disponibilizam, cada dois anos, para que o Terra Madre Salone del Gusto aconteça.

É óbvio que estamos falando do projeto de hospitalidade a partir do qual, cada dois anos, surgem histórias de grandes amizades e que são a prova do sentimento acolhedor e generoso naturais do Piemonte. Se em 2018 mais de 200 famílias de Turim ofereceram hospedagem, e mais de 1300 leitos foram disponibilizados nas mais de 120 cidades do Terra Madre que abrangem cinco províncias do Piemonte, em 2020 queremos fazer ainda mais e transformar o Piemonte num território que, com orgulho ainda maior, abre suas portas para o mundo.

Sendo assim, além das histórias sobre os produtores, além das experiências dos delegados, vamos dar voz também aos prefeitos, às associações e às famílias que dedicam-se com tanta paixão ao Terra Madre Salone del Gusto.

Fiquem ligados! Estamos quase prontos e queremos fazer do Terra Madre Salone del Gusto uma experiência incrível.

 

 

Mude o mundo através da comida

Aprenda como você pode restaurar ecossistemas, comunidades e sua própria saúde com nosso kit de ferramentas RegeneAction.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Nome
Privacy Policy
Newsletter