Receita da Aliança de Cozinheiros – Martin Muhia Nyambura

17 Mai 2019

O chef Muhia foi criado por sua avó, professora de ciências domésticas numa escola da cidade, que era grande entusiasta da comida de qualidade e empenhada para que seus conhecimentos gastronômicos fossem transmitidos para novas gerações.

Martin ajudava a avó a fazer bolos e preparar pratos tradicionais para cerimônias de casamento. Esses foram os seus primeiros passos na gastronomia, desenvolvendo um interesse cada vez maior pelo assunto. Depois de terminar a escola, entrou para o International Hotel and Training Institute de Nairóbi. Depois de formado, trabalhou no Imperial Grand Hotel, no restaurante das Nações Unidas em Nairóbi e atualmente está trabalhando no restaurante da Embaixada da União Europeia em Nairóbi. Durante esse período, trabalhou incansavelmente para promover pratos tradicionais do Quênia.

 width=

Consciente da distância cada vez maior entre o setor de hospitalidade e a cadeia de abastecimento alimentar, e chocado com os dados de uma pesquisa recente que indica que cerca de 80% dos funcionários diz haver desperdício alimentar em suas cozinhas; o chefe Muhia lançou a campanha #NoFoodWaste para conscientizar as pessoas sobre a perda de alimentos e o desperdício alimentar que acontece no Quênia e em toda a África. Participou de vários eventos de gastronomia, entre eles, o Terra Madre Salone del Gusto e, mais recentemente, o Chengdu International Food Festival, na China, onde fez um discurso sobre o desperdício de alimentos e biodiversidade da fazenda à mesa. Ganhou um prêmio com sua receita inovadora, inspirada nos produtos da Arca do Gosto Slow Food do Quênia.

Participou do programa Chef Shamba sobre as culturas e os alimentos mais tradicionais da África, e viaja pelo Quênia para descobrir os segredos das comunidades rurais na cozinha, onde encontram seus alimentos, como cozinham e comem.

O chef acredita que o aumento de comidas industrializadas limita as oportunidades de inovação dos chefs. Com outros colegas, ele luta contra essa realidade, promovendo o uso de produtos locais na cozinha. Martin está empenhado em promover a gastronomia africana em todos os níveis da indústria da hospitalidade.

 width=

 

Receita

Mukimo e Njahi (feijão de jacinto) com Mbuzi Choma (cabra assada)
O Mukimo é um prato tradicional, popular na comunidade de Kikuyu. Consiste em milho, feijão, folhas verdes, banana e batata amassadas juntas. É muito bom para os jovens, por ser rico em nutrientes. Esse prato se preparava apenas em ocasiões especiais da comunidade Kikuyu: casamentos, nascimentos, rituais de iniciação, pagamento de dote, etc., e os ingredientes utilizados variavam conforme o tipo de comemoração, mas hoje o Mukimo se tornou um prato comum em muitas famílias. Na tradição Kikuyu, era considerado comida de reis.

Esse prato tem a vantagem de ser um purê e não precisar refrigeração. Pode ser mantido em cabaças na cozinha, durando até 4 dias!

Ingredientes
1 kg Njahi (Dolichos) – Arca do Gosto
6 bananas mutahato grandes, quase maduras (descascadas)
3 batatas cozidas (opcional)
1 maço grande de cebolinha
1 perna de cabra
50 ml de Munyu

O Munyu é um amaciador de carne natural, que confere um aroma defumado. É um líquido escuro, extraído após decantação de uma mistura queimada de casca de banana e vagens de feijão.

Preparação

  1. Numa panela, refogar a cebolinha picada, acrescentar o njahi amassado e misturar.
  2. Acrescentar as batatas, misturando bem.
  3. Acrescentar as bananas maduras.
  4. Enquanto isso, lavar a carne e colocar numa panela com água, levar ao fogo até levantar fervura.
  5. Acrescentar gengibre, alho, capim-limão, alecrim e, no lugar do sal, temperar com Munyu.
  6. Deixar ferver até a carne ficar macia, em seguida, assar em grelha sobre brasas de carvão durante 3 minutos para que fique crocante
  7. Temperar a gosto e servir com verduras.

Alguns vídeos do Chef Muhia no programa Shamba Chef



 

Mude o mundo através da comida

Aprenda como você pode restaurar ecossistemas, comunidades e sua própria saúde com nosso kit de ferramentas RegeneAction.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Nome
Privacy Policy
Newsletter