Os povos indígenas têm um papel de destaque no Terra Madre Salone del Gusto 2016

12 Set 2016

indigenous-slowfood-1024x683

 

De 22 a 26 de setembro, no Parque Valentino, em Turim, o Terra Madre Salone del Gusto 2016 vai dedicar à Rede do Indigenous Terra Madre um espaço para contar as histórias, falar das questões mais urgentes e das tradições dos povos indígenas. O espaço, que vai dar às comunidades indígenas a oportunidade de discutir sobre o direito à soberania alimentar e a defesa da diversidade biocultural, como prioridades para o seu futuro e para o futuro do planeta, é financiado pelo FIDA, o Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola das Nações Unidas, e outros parceiros.

 

O FIDA e o Slow Food vêm trabalhando juntos desde 2009, compartilhando a certeza de que a realização de uma mudança ampla e radical é necessária para empoderar os povos rurais, para que possam contribuir ao desenvolvimento de seus países. O esforço conjunto inclui advocacia em favor de produtores de pequena escala, com um foco específico para os povos indígenas e os jovens. O FIDA deu o próprio apoio a ambos projetos do Slow Food em defesa da diversidade agrícola e alimentar na América do Sul e na África, realizando diversas atividades através da Arca do Gosto e das Fortalezas.

 

O Slow Food trabalha com os povos indígenas e reúne cerca de 277 comunidades do alimento indígenas, 46 Fortalezas de produtos indígenas e 602 produtos indígenas que embarcaram na Arca do Gosto, todos da rede do Indigenous Terra Madre.

 

O espaço da Rede do Indigenous Terra Madre vai oferecer um programa diário de encontros e oficinas, durante os quais representantes da Rede do Indigenous Terra Madre estarão disponíveis para apresentar suas experiências em relação à terra, produção alimentar, soberania alimentar, gênero, mudança climática, bem-estar e felicidade. O programa foi montado a partir dos pedidos encaminhados à rede.

 

Entre as diversas sessões:

 

 

  • Uma palestra (segunda-feira, 26 de setembro. De 10:30 a 12:30) vai analisar a questão do direito à terra dos povos e das comunidades indígenas. Parte da campanha Land Rights Now (Direito à Terra Já), a palestra é organizada junto com a International Land Coalition, Oxfam Italia e Oxfam International. Entre os ilustres palestrantes: o Presidente do Slow Food, Carlo Petrini; a relatora especial das Nações Unidas sobre os direitos dos povos indígenas, Victoria Tauli-Corpuz; e o Diretor-Geral da Oxfam Itália, Roberto Barbieri.

 

  • Seis oficinas (que serão realizados toda manhã) darão aos delegados a oportunidade de falar sobre o futuro da Rede do Indigenous Terra Madre, trocando experiências e aprendendo a partir das experiências bem-sucedidas dos outros, tentando encontrar uma abordagem comum para a solução de problemas.

 

  • 17 performances artísticas, com 30 artistas indígenas do mundo inteiro, serão apresentadas após as palestras no sábado e no domingo, às 17:00 horas, e na segunda-feira, ao meio-dia.

 

O programa completo das palestras e das oficinas está disponível clicando aqui.

 

Os palestrantes do FIDA que participarão das conferências e das oficinas:

 

  • Adolfo Brizzi, Diretor, Divisão Consultoria Técnica e Políticas, FIDA
  • Mattia Prayer Galletti, Especialista Técnico Principal, FIDA
  • Antonella Cordone, Especialista Técnica para Questões Tribais e Povos Indígenas, FIDA

 

Ao longo desses anos, o FIDA apoiou os projetos do Slow Food para preservar a biodiversidade agrícola e alimentar na América do Sul e na África. Entre as Fortalezas do Slow Food apoiadas pelo FIDA, várias serão apresentadas em diversos estandes por ocasião do Terra Madre Salone del Gusto. Entre outras: Frutas silvestres do Gran Chaco da Argentina; Licuri, Umbú e Mel da abelha Mandaçaia da Caatinga do Brasil; Cacau da Sierra Nevada de Santa Marta Porcelana e Feijão la Guajira da Colômbia; Mel de abelha nativa da Sierra Norte e Pimenta Tlaola Serrano do México; e Café Luwero Robusta de São Tomé e Príncipe.

 

Sábado, dia 24 de setembro, vai ser celebrado o Dia do Café São Tomé, na Via del Gelato – Café das Fortalezas Slow Food (Via Po 35, Turim, das 11:00 às 12:00 horas) onde haverá uma degustação do Café Robusta de São Tomé e Príncipe, uma Fortaleza Slow Food que conta com o apoio do FIDA.

 

Cerca 30 dos 7.000 delegados de 143 países poderão participar do evento, chegando de regiões remotas de países em desenvolvimento, graças ao apoio do FIDA. Entre eles, os representantes das seguintes Fortalezas: do Caranguejo Preto de Providencia (Colômbia), da Vaca Ankole (Uganda), do Waraná Nativo dos Sateré-Mawé e do Mel de Abelha Nativa (Brasil) e de Queijo de Cabra de Tucumán (Argentina).

 

Para mais informações dirijam-se a:

Slow Food, +39 329 83 212 85, [email protected] – Twitter: @SlowFoodPress

Região Piemonte, +39 011 432 2549, +39 335 7586327, [email protected]

Prefeitura de Turim, +39 011 01121976, +39 3421100131, [email protected]

 

A realização de Terra Madre Salone del Gusto é possível graças ao apoio de inúmeras entidades dentre as quais mencionamos os Parceiros Oficiais: Lurisia, Pastificio di Martino, Radeberger Gruppe Italia, Lavazza, Sapori, Iren, Intesa San Paolo, Elpe; com a contribuição de Coldiretti; os patrocinadores da Fondazione Terra Madre e de Slow Food: Compagnia di San Paolo, Fondazione CRT- Cassa di Risparmio di Torino e Associação das Fundações de origem bancária do Piemonte. Com o apoio de IFAD, União Europeia e CIA.

Slow Food é uma organização internacional que compromete-se em fazer com que todos possam conhecer e apreciar os bons alimentos: bons para os que deles se nutrem, para os que os cultivam e para o meio ambiente. Slow Food abarca mais de um milhão de entusiastas, chefs, especialistas, jovens, produtores, pescadores e acadêmicos em 160 Países. Dentre eles, 100.000 sócios pertencentes a 1.500 grupos locais que contribuem ao financiamento da associação através de uma quota de inscrição e que participam dos inúmeros eventos organizados no território. Aos sócios acrescentam-se as 2.400 comunidades do alimento de Terra Madre empenhadas na produção agroalimentar sustentável e de pequena escala.

Mude o mundo através da comida

Aprenda como você pode restaurar ecossistemas, comunidades e sua própria saúde com nosso kit de ferramentas RegeneAction.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Nome
Privacy Policy
Newsletter