Organizando eventos musicais, um chef Slow Food luta contra o desperdício alimentar no Brasil

24 Abr 2017

 width=

A perda e o desperdício de alimentos são um problema sério no Brasil. A quantidade de matérias-primas desperdiçadas no início e no final da cadeia produtiva, é impressionante. Felizmente, alguns chefs consagrados estão fazendo um trabalho de conscientização para tentar reduzir o problema.

Em 2016, alguns chefs conscientes, tomaram a decisão de chamar a atenção do público para o problema do desperdício alimentar, e optaram por dar o exemplo para os outros. Do famoso chef italiano, Massimo Bottura que, durante os últimos Jogos Olímpicos do Rio, preparou, com as sobras olímpicas, refeições para os moradores de rua; ao chef da Aliança de Chefs Slow Food e líder da Rede Jovem do Slow Food Brasil, Caio Dorigon, um dos protagonistas dessa luta nacional para reduzir o desperdício alimentar e conscientizar sobre o tema.

 width=

Depois de se formar em publicidade e trabalhar na área durante alguns anos, Caio decidiu dedicar-se à gastronomia. Desde então, tornou-se um representante influente da rede Slow Food Brasil, cozinhando e organizando eventos contra o desperdício alimentar, em colaboração com a Aliança de Chefs.

Um evento muito popular para tratar a questão do desperdício de alimentos, é a Disco Xepa, um evento que envolve a preparação coletiva de comida, utilizando alimentos que, caso contrário, acabariam no lixo. O prato principal é uma sopa que é servida a todos os participantes. A palavra “xepa”, no Brasil, indica os produtos que não foram vendidos e que, no final do dia, os feirantes vendem por um preço barato, ou até dão de graça.

Em julho de 2016, Caio liderou a celebração da Rede Jovem do Slow Food organizando um Disco Xepa Day. No mesmo dia, 14 cidades em todo o país organizaram eventos coletivos, o que deu um impacto ainda maior. Caio acredita que a Disco Xepa possa ser um modelo eficiente para reunir mais pessoas em volta do Slow Food e para chamar a atenção sobre o desperdício alimentar: “É um tema muito importante de ver e comunicar ao público”. Ele já notou que os voluntários que vão recolher alimentos destinados aos aterros, ficam chocados com a quantidade de comida que é jogada fora!

 width=

Além de ser um evento convivial, durante o qual se prepara uma refeição compartilhada, os eventos oferecem à Rede Slow Food Jovens a oportunidade de educar a comunidade sobre as formas de reduzir o desperdício. Durante o Disco Xepa Day 2016, o convivium organizou palestras, demonstrações e oficinas, durante as quais ensinou-se aos participantes e cortar, limpar e cozinhar as sobras. A Disco Xepa também criou um Guia Prático para Organizar uma Disco Xepa para que o evento possa ser replicado com sucesso. O guia contém informações e contatos úteis para o evento, dados relativos ao desperdício alimentar e explicações sobre a importância de uma maior conscientização.

Depois do sucesso do Disco Xepa Day no Brasil, durante o Terra Madre Salone del Gusto, Caio lançou a ideia de um Disco Soup Day internacional para envolver toda a comunidade do Slow Food, a ser organizado no dia 29 de abril de 2017. Trinta países já aderiram, e Caio espera que o evento chame mais ainda a atenção da rede sobre a importância da redução do desperdício alimentar no mundo inteiro.

Para maiores informações sobre o evento, ou para participar do Disco Soup Day mundial, clique aqui para acessar à página Facebook do evento. Ou escreva diretamente para o Caio: [email protected].

Mude o mundo através da comida

Aprenda como você pode restaurar ecossistemas, comunidades e sua própria saúde com nosso kit de ferramentas RegeneAction.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Nome
Privacy Policy
Newsletter