Michael Pollan sobre Biodiversidade, Monocultura e Saúde Humana

28 Jul 2016

Michael Pollan

Quem imaginaria que um professor e jornalista bem sucedido, e importante influenciador do mundo do alimento não pretendesse ser tudo isso desde o princípio. Segundo Michael Pollan, ele não planejava escrever sobre alimento e agricultura. Ao contrário, a sua trajetória de vida tem sido sinuosa, cheia de interconexões não planejadas. O seu interesse começou no jardim, com as mãos na terra, lidando com dilemas que surgiam da tentativa de cultivar seus próprios alimentos. Disso nasceu uma paixão.

Michael tem um talento para conseguir estabelecer interconexões no mundo do alimento, relatando essas histórias, muitas vezes complexas, de forma tão profunda e detalhada, que o mundo tomou conhecimento. Durante uma discussão recente na Universidade de Ciências Gastronômicas em Pollenzo, na Itália, ele falou sobre algumas de suas experiências, descrevendo interconexões na indústria de alimentos, ligações profundamente entrelaçadas entre biodiversidade e saúde pessoal; mas também exemplos negativos, como pesticidas neurotóxicos e sua conexão com as batatas fritas esteticamente atraentes da indústria do fast food.

Pollan deu crédito ao Slow Food por manter os aspectos prazerosos das culturas alimentares e ainda fazer o bem pelo mundo. Numa era em que as pessoas gastam mais tempo com a alimentação secundária—um comportamento definido como o ato de comer ou beber ao mesmo tempo que se faz outra coisa—do que com a alimentação primária, manter a integridade dos aspectos sensoriais do ato de comer tem se tornado cada vez mais raro. Isso tudo nos distancia cada vez mais do conhecimento da nossa comida.

Passamos algum tempo conversando com Pollan sobre o papel da biodiversidade e a sua importância cada vez maior para a vida humana, as armadilhas e a interconectividade das monoculturas com o resto do sistema alimentar, suas opiniões a respeito da política agrícola atual e como as preocupações do consumidor estão mudando os alimentos industriais. Tudo isso foi compilado nesses vídeos para que você possa ouvir as respostas do próprio Pollan. Esperamos que você assista e goste.

Por fim, se você for participar do evento Terra Madre Salone del Gusto em Turim em setembro, vá conhecer o estande da biodiversidade, completamente dedicado ao tema da biodiversidade versus monocultura. Em seu artigo, “Um Mundo de Milho”, Pollan diz sobre monocultura: “se você é o que come, você é milho”. Vamos ajudar a revelar o mistério do alimento industrial e o uso do milho, onde está todo esse milho e como ele vai parar na nossa alimentação.

Mude o mundo através da comida

Aprenda como você pode restaurar ecossistemas, comunidades e sua própria saúde com nosso kit de ferramentas RegeneAction.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Nome
Privacy Policy
Newsletter