“Em breve, uma em cada oito espécies estará extinta” : a ONU alerta para o declínio dramático da biodiversidade mundial

14 Mai 2019

Há mais de 20 anos, o Slow Food denuncia os riscos do sistema intensivo de produção de alimentos e já catalogou 5 mil alimentos que precisam de proteção. Hoje pede aos governos de todo o mundo que considerem esses estudos com seriedade.

Em breve, um milhão de plantas e animais desaparecerão da face da Terra e a saúde dos ecossistemas está se deteriorando em um ritmo cada vez maior. Este é o alerta das Nações Unidas, cuja Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (IBPES) reuniu-se em Paris, dia 29 de abril, e divulgou hoje o resultado de três anos de pesquisa sobre o estado da biodiversidade.

 width=

“As instituições mais importantes do mundo estão registrando agora uma situação dramática que o Slow Food vem expondo nos últimos 30 anos”, diz Carlo Petrini, presidente do Slow Food. “Nos últimos 70 anos, destruímos três quartos da agrobiodiversidade que os agricultores selecionaram ao longo de mil anos. Fontes reconhecidas há muito alertam que estamos vivendo a sexta extinção em massa e, pela primeira vez, os seres humanos são os culpados pela crise ecológica global. O cenário descrito é muito sério e a perda de espécies, raças e habitats naturais é extremamente grave. O tempo está passando, mas temos uma ferramenta que pode efetivamente mudar a situação: o nosso alimento diário. Mudando as nossas escolhas alimentares, podemos fazer muito para salvar o solo, a água e o planeta.”

Segundo a visão do Slow Food, a biodiversidade é uma resposta concreta para emergências e dificuldades diárias, como a mudança climática. É por isso que o Slow Food catalogou, com o projeto da Arca do Gosto, mais de 5 mil produtos que precisam de proteção; lançou mais de 500 Fortalezas — projetos de apoio a agricultores, pastores e pescadores —; e explicou o valor da biodiversidade com suas hortas, redes de cozinheiros, eventos e educação.

Ainda há muito a ser feito. Precisamos nos preparar para enfrentar esse desafio de forma consciente, sendo vital que governos, instituições, empresas, instituições financeiras e, acima de tudo, os cidadãos, individualmente, unam-se imediatamente.

Mude o mundo através da comida

Aprenda como você pode restaurar ecossistemas, comunidades e sua própria saúde com nosso kit de ferramentas RegeneAction.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Nome
Privacy Policy
Newsletter