A Prosperidade da Biodiversidade Alimentar da África Austral no Terra Madre Salone del Gusto

25 Jul 2018

O continente africano estará muito bem representado durante a 12ª edição do evento internacional mais importante do mundo, dedicado à cultura alimentar, e algumas histórias extraordinárias serão partilhadas com o público. Organizado pelo Slow Food em colaboração com a região do Piemonte e a cidade de Turim, o Terra Madre Salone del Gusto ocorrerá de 20 a 24 de setembro de 2018, em Turim, na Itália. Mais de 5.000 delegados de 140 países, mais de 800 expositores, 300 Fortalezas Slow Food Presidia, e 500 comunidades do alimento de Terra Madre estarão neste evento.

O International Market terá uma área especialmente dedicada a exposições das comunidades alimentares Terra Madre food communities e produtos das Presidia (Fortalezas) provenientes de todos os cantos da África.

Américo Amos Mavale, líder do Convivium Muteko-Waho, vem de Moçambique. Além de ser chef, ele também é o presidente do Maputo Earth Market (Mercado da Terra de Maputo) e, juntamente com Delson João Amaral, formador de projeto em Moçambique para o 10,000 Gardens in Africa (10.000 Hortas em África), que possui forte presença no país. O projeto será apresentado na área temática das Sementes durante o Fórum 10,000 Gardens in Africa (23 de setembro às 14:00 – Torino Lingotto Fiere), através das experiências das pessoas envolvidas. Hoje há 3063 Hortas em África, e o número está a crescer constantemente.

O projeto das 10.000 Hortas em África também foi muito bem sucedido no Maláui, país natal de Manvester Ackson Khoza. Produtor e ativista alimentar, Manvester tem uma vasta experiência no campo da agroecologia e, juntamente com sua equipa, organiza muitos treinamentos sobre este tema em Maláui. Ele se juntará a nós em Turim, de 20 a 24 de setembro.

O Madagascar estará representado pela Fortaleza Mananara Vanilla (Baunilha de Mananara) embora a baunilha em si não estará disponível devido a outra crise de baunilha no país. O Madagascar produz metade da baunilha do mundo, mas esse cultivo traz muitas consequências negativas para a estabilidade e economia do país, pois está no centro da corrupção e, recentemente, até da violência. Durante o Fórum  Where do Spices Come From? (De onde chegam as especiarias?) (23 de setembro às 14:00 – Torino Lingotto Fiere) Estephan Tianjaramanana contará a fascinante história desta orquídea, a baunilha, que cresce apenas na Reserva da Biosfera de Mananara Nord. No âmbito do International Market (Mercado Internacional), sediado no Lingotto Fiere e Oval, o público terá a oportunidade de degustar e comprar diversos produtos de Madagascar, incluindo as Alaotra Lake Ancient Rice Varieties (Variedades antigas de arroz do Lago Alaotra) (Fortaleza Slow Food).

Na área temática Slow Fish, Dona Ernestina, de Angola, falará no Fórum Terra Madre Queens of the Sea: Women in Fishing (As Rainhas do Mar: Mulheres na pesca) (22 de setembro às 11:00 – Torino Lingotto Fiere). Tradicionalmente, a pesca é geralmente uma atividade masculina. No entanto, também há mulheres pescadoras, e a presença de mulheres no processamento de peixe está bem documentada. Juntamente com Dona Ernestina, outras “Rainhas do Mar” da rede Slow Fish vão partilhar suas histórias com o público.

Oficinas de degustação e escolas de culinária são eventos pagos e os ingressos podem ser adquiridos on-line; os fóruns temáticos do Terra Madre são apresentados pelos delegados da rede e estão abertos ao público desde que haja disponibilidade de vagas. Clique aqui para a lista constantemente atualizada de eventos disponíveis.

Caroline Stephanie McCann – Conselheira Internacional para a África Austral

[email protected]

Assessoria de Imprensa Terra Madre Salone del Gusto 2018

Slow Food, +39 329 83 212 85 [email protected] – Twitter: @SlowFoodPress

Região Piemonte: +39 011 432 2549 – [email protected]

Cidade de Turim, +39 011 011 21976 – +39 342 1100131 – [email protected]

Para solicitar credenciamento de imprensa, por favor clique aqui.

Terra Madre Salone del Gusto é um evento organizado pela cidade de Turim, Slow Food e a região do Piemonte em colaboração com o MIPAAF (Ministério de Políticas Agrícolas, Alimentícias e Florestais da Itália). Tornou-se possível graças aos seus muitos patrocinadores, incluindo os Parceiros Oficiais, GLEvents-Lingotto Fiere, IREN, Lavazza, Lurisia, Parmigiano Reggiano, Pastificio Di Martino e Quality Beer Academy; com o apoio da Compagnia di San Paolo, da Fundação CRT-Cassa de Risparmio di Torino, da Associação das Fundações de Origem Bancária do Piemonte e da Coldiretti; e com a contribuição do FIDA, da União Européia e da CIA (Confederação Italiana Agricultores).

Slow Food é uma organização global de base que prevê um mundo no qual todos possam ter acesso e desfrutar de alimentos que sejam bons para si próprios, bons para aqueles que cultivam e bons para o planeta. Slow Food envolve mais de um milhão de ativistas, chefs, especialistas, jovens, agricultores, pescadores e acadêmicos em mais de 160 países.

Mude o mundo através da comida

Aprenda como você pode restaurar ecossistemas, comunidades e sua própria saúde com nosso kit de ferramentas RegeneAction.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Nome
Privacy Policy
Newsletter