Carlo Petrini é nomeado Embaixador Especial da FAO na Europa para a estratégia Fome Zero

27 Mai 2016

petrini11_okÉ com orgulho que o Slow Food anuncia que o seu presidente, Carlo Petrini, foi nomeado Embaixador Especial da FAO na Europa para a estratégia Fome Zero.

O Slow Food está presente em mais de 160 países, para garantir que todos tenham acesso a um alimento bom, limpo e justo. A nomeação de Carlo Petrini reflete esta contribuição.

A seguir o comunicado oficial da FAO:

26 de maio de 2016, Roma – Carlo Petrini, presidente do Slow Food – organização que luta contra o desaparecimento das tradições alimentares locais, e para garantir acesso a um alimento bom, limpo e justo para todos – foi nomeado Embaixador Especial da FAO na Europa para a estratégia Fome Zero, anunciou hoje a Organização.

O Diretor-Geral da FAO, José Graziano da Silva, parabenizou o trabalho de Carlo Petrini, por ter contribuído a chamar a atenção da opinião pública sobre a necessidade de melhorar a agricultura na Europa e de garantir uma cadeia alimentar sustentável.

“Foram muitas as atividades que destacaram a necessidade de reintroduzir cultivos locais, para que os pequenos agricultores e pecuaristas possam produzir para seu próprio consumo e vender nos mercados, de forma a alcançar uma segurança alimentar”, afirmou Graziano da Silva.

A nomeação de Carlo Petrini, e o seu compromisso com as atividades de conscientização da FAO, vão ser um “sinal claro, para toda a comunidade internacional, de que podemos criar um mundo sem fome”, acrescentou o Diretor-Geral da FAO. “E isso tudo vai contribuir à construção de uma Geração Fome Zero e acabar com a fome até 2030”, destacou.

Ao aceitar o reconhecimento, Carlo Petrini declarou: “A vergonha da fome… pode e deve ser cancelada ainda em nossa geração; é um compromisso que deverá ser considerado prioridade política de todos os fóruns, nacionais e internacionais, e de toda a sociedade civil”.

Como Embaixador Especial da FAO para a estratégia Fome Zero, Carlo Petrini vai ajudar a melhor compreender a visão da FAO por um mundo sem fome e desnutrição, onde alimento e agricultura podem contribuir a melhorar os meios de subsistência, sobretudo dos mais necessitados.

Entre as muitas atividades: a participação de eventos de alto nível e fóruns públicos, a contribuição em publicações importantes, visitas a projetos no campo e atividades de angariação de fundos.

O Slow Food é uma organização internacional sem fins lucrativos, cujo objetivo é promover alimentos de qualidade produzidos e distribuídos de uma forma sustentável do ponto de vista ambiental e social. A organização conta com mais de 100.000 associados no mundo inteiro e está presente em 160 países.

Graças a um acordo de cooperação assinado em 2013, a FAO e o Slow Food vêm trabalhando juntos para promover sistemas alimentares e agrícolas inclusivos, e juntos participaram de campanhas globais de conscientização, como a iniciativa que declarou 2016 Ano Internacional das Leguminosas e 2014 Ano Internacional da Agricultura Familiar.

Mude o mundo através da comida

Aprenda como você pode restaurar ecossistemas, comunidades e sua própria saúde com nosso kit de ferramentas RegeneAction.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Nome
Privacy Policy
Newsletter