Vamos salvar o solo!

22 Sep 2016 | Portuguese

O Slow Food e Legambiente, junto com 300 organizações que fazem parte da rede “People 4 Soil”, lançam uma petição em defesa do solo.

 Paolo di Croce, Secretário geral do Slow Food Internacional: “Estamos dando início a um importante desafio: recolher um milhão de assinaturas em defesa do solo, em toda a Europa. Queremos que a Europa reconheça o solo como bem comum e passe a considerar a sua gestão sustentável como compromisso prioritário. Temos 12 meses à disposição para alcançar o número de assinaturas necessário: 1 milhão em, ao menos, sete países europeus. Toda a rede do Slow Food presente em cada um dos países da EU será mobilizada para o próximo ano com essa campanha. Se o objetivo for alcançado até o mês de setembro de 2017, a Comissão Europeia vai ter que se comprometer para preservar o solo”. O lançamento oficial da iniciativa será no Terra Madre Salone del Gusto, quinta-feira, dia 22 de setembro, às 17:00 horas, por ocasião da conferência “Deter o consumo de solo. Lançamento da recolha de assinaturas europeia People 4 Soil”. Até agora, nos países da União Europeia, o solo não está sujeito a normas coerentes: a proposta de Diretiva Quadro para a proteção do solo foi retirada em maio de 2014, depois de 8 anos de bloqueio por parte de uma minoria de Estados-Membros, e as políticas comunitárias existentes em outros setores não são suficientes a garantir um nível apropriado de proteção para todos os solos na Europa. A erosão, o consumo de solo, a perda de fertilidade, à compactação devido ao uso de maquinários pesados, a salinização, a instabilidade hidrogeológica e a contaminação por poluentes, têm impacto negativo sobre a saúde humana, a segurança alimentar, os ecossistemas naturais, a biodiversidade e o clima, e também sobre a nossa economia. Os cidadãos europeus têm o direito de participar da elaboração das políticas da União Europeia, graças à Iniciativa de Cidadania Europeia (ICE). A ICE constitui um importante instrumento de democracia participativa na União Europeia. Graças a esta medida, um milhão de cidadãos da UE, residentes em, pelo menos, um quarto dos Estados Membros, podem convidar a Comissão a apresentar uma proposta de ato jurídico.

No Terra Madre Salone del Gusto, será possível assinar a petição nos estandes associativos do Slow Food; depois das palestras e dos fóruns dedicados ao solo; no espaço Slow Food Educazione, no Borgo Medievale no Parque Valentino; e em muitos outros pontos dedicados. É só procurar a grande mão verde do “People 4 Soil”! A recolha de assinaturas vai continuar online e durante muitos outros eventos organizados em toda a Europa pelas organizações parceiras do “People 4 Soil”. Para saber mais, e para colaborar e promover a petição, clique aqui.

Para mais informações dirijam-se a:

Slow Food, +39 329 83 212 85, [email protected] – Twitter: @SlowFoodPress

Região Piemonte, +39 011 432 2549, +39 335 7586327, [email protected]

Prefeitura de Turim, +39 011 01121976, +39 3421100131, [email protected]

A realização de Terra Madre Salone del Gusto é possível graças ao apoio de inúmeras entidades dentre as quais mencionamos os Parceiros Oficiais: Lurisia, Pastificio di Martino, Radeberger Gruppe Italia, Lavazza, Sapori, Iren, Intesa San Paolo, Elpe; com a contribuição de Coldiretti; os patrocinadores da Fondazione Terra Madre e de Slow Food: Compagnia di San Paolo, Fondazione CRT- Cassa di Risparmio di Torino e Associação das Fundações de origem bancária do Piemonte. Com o apoio de IFAD, União Europeia e CIA.

Slow Food é uma organização internacional que compromete-se em fazer com que todos possam conhecer e apreciar os bons alimentos: bons para os que deles se nutrem, para os que os cultivam e para o meio ambiente. Slow Food abarca mais de um milhão de entusiastas, chefs, especialistas, jovens, produtores, pescadores e acadêmicos em 160 Países. Dentre eles, 100.000 sócios pertencentes a 1.500 grupos locais que contribuem ao financiamento da associação através de uma quota de inscrição e que participam dos inúmeros eventos organizados no território. Aos sócios acrescentam-se as 2.400 comunidades do alimento de Terra Madre empenhadas na produção agroalimentar sustentável e de pequena escala.

Change the world through food

Learn how you can restore ecosystems, communities and your own health with our RegenerAction Toolkit.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Full name
Privacy Policy
Newsletter