Slow Food na Semana MESA São Paulo 2017

24 Oct 2017 | Portuguese

O Slow Food Brasil e o fundador e presidente do Slow Food Internacional, Carlo Petrini, participam do Congresso MESA Tendências 2017, de 26 a 28 de outubro. O tema do MESA Tendências, este ano, é a “Cozinha Tropicalista, o grito de liberdade da gastronomia brasileira”.

No dia 26 de outubro, durante o encerramento do dia da inauguração, às 19:00 horas, Carlo Petrini será palestrante durante o encontro sobre “O valor da biodiversidade para uma nova economia sustentável”. Carlo Petrini falará sobre o valor da biodiversidade para uma nova economia sustentável, lançando a primeira edição do livro “A Arca do Gosto no Brasil. Alimentos, conhecimentos e histórias do patrimônio gastronômico”, com a descrição dos usos gastronômicos de 200 produtos da biodiversidade agroalimentar brasileira em risco de desaparecimento.

A publicação do livro, realizada pelo Slow Food e a Universidade de Ciências Gastronômicas de Pollenzo, foi possível graças à contribuição da rede brasileira do Slow Food e ao projeto “Alimentos Bons, Limpos e Justos: Ampliação e Qualificação da Participação da Agricultura Familiar Brasileira no Movimento Slow Food”, que permitiram a realização do mapeamento e catalogação dos produtos descritos no livro. O evento terminará com as intervenções de Bruno Morett Figueiredo Rosa e Diego Silva Dos Santos, alunos/formandos pela Universidade de Ciências Gastronômicas de Pollenzo e autores do livro. Antes do discurso do presidente Petrini, será apresentado o projeto da Arca do Gostopor um representante da rede brasileira do Slow Food, Marcelo de Podestá, que apresentará o trabalho realizado nos últimos anos e as perspectivas futuras do movimento para a preservação da biodiversidade.

Por ocasião do evento, além da apresentação do livro, o Slow Food Brasil estará presente com diversas palestras dos ativistas da rede local, entre eles: Ana Luiza Trajano, Francisco Ansiliero, Fabrício Lemos, Caco Marinho, Ana SoaresMara Salles, Paulo Machado e Maria Capa.

Concluindo a manifestação, no dia 29 de outubro, o Slow Food, em colaboração com o Centro Comunica e Mundo MESA organizará um jantar de arrecadação de fundos no âmbito da campanha “Cardápio de Mudanças – Menu for Change*” para contribuir apoiando os projetos que o Movimento lançou no Brasil. O jantar será preparado por 16 chefs, a maioria sendo membros da Aliança de Cozinheiros do Slow Food – Bela Gil, Bel Coelho, Adriana Lucena, Ana Luiza Trajano, Cláudia Mattos, Maria da Conceição, Caco Marinho, Fabrício LemosAna Tomazoni, Leila Barsoles, Adriana Vernacci, Ellen Gallego, Paulo Machado e Rodrigo Bellora, Fabiano Gregório e Jean Ponce, utilizando produtos das Fortalezas Slow Food. O evento contará também com um discurso do Presidente, Carlo Petrini, sobre o livro da Arca do Gosto brasileira; com intervenções de representantes da rede local e com um show musical de Bem Gil, filho do cantor e compositor Gilberto Gil. Para participar do jantar: https://www.semanamesasp.com.br/jantarbenefice

*Em outubro, o Slow Food lançou a campanha, “Cardápio de Mudanças – Menu For Change“, que chama a atenção para a relação entre alimento e mudança climática: começando pelos alimentos, todos podemos fazer a diferença As redes Slow Food do mundo inteiro apoiam e promovem soluções para produzir alimentos reduzindo, ao mesmo tempo, o impacto sobre o clima, preservando a biodiversidade, promovendo a educação alimentar e ambiental, conscientizando todos os atores da cadeia de produção e tentando influenciar a política, em todos os níveis.

Todas as informações, datas, programação dos eventos da Semana MESA São Paulo: www.semanamesasp.com.br

Para maiores informações:

Oficina para América Latina y el Caribe – Slow Food Internacional 

Valentina Bianco – [email protected]

+55 48 91937173 (Brasil – Vivo)

Gabinete de Imprensa do Slow Food Internacional

Paola Nano, Giulia Capaldi

[email protected] –Twitter: @SlowFoodPress

O Slow Food é uma organização internacional presente localmente, que promove o alimento bom, limpo e justo para todos: bom por ser saudável além de prazeroso do ponto de vista organoléptico; limpo por ser amigo do meio ambiente e do bem-estar animal; justo por respeitar o trabalho de quem produz, processa e distribui. O Slow Food é uma grande organização, formada por mais de 1500 grupos locais e 2400 comunidades do alimento, que desempenha um papel chave para todo o movimento, e que todo ano envolve milhões de pessoas. Através de projetos como a Arca do Gosto, as Fortalezas e as Hortas na África, e graças à mobilização da rede do Terra Madre, o Slow Food defende o patrimônio agroalimentar do mundo inteiro, promovendo uma agricultura que respeita o meio ambiente, a saúde e as culturas locais. 

Change the world through food

Learn how you can restore ecosystems, communities and your own health with our RegenerAction Toolkit.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Full name
Privacy Policy
Newsletter