Slow Food e Zero Waste EU desenvolvem orientações para os municípios a fim de reduzir o desperdício de alimentos nos sistemas alimentares locais

27 Jan 2022 | Portuguese

Estima-se que, na União Europeia, vinte por cento dos alimentos produzidos acabam desperdiçados ou perdidos.

Essa situação não pode continuar assim, o desperdício de alimentos deve se tornar um problema do passado, graças à transição para um sistema alimentar sustentável. O combate ao desperdício alimentar requer ação ao longo de toda a cadeia de abastecimento, sendo uma consequência sistêmica de nosso sistema alimentar. Só pode ser bem sucedido se os municípios, urbanos ou rurais, trabalharem com as comunidades agrícolas e os produtores de alimentos nos cinturões verdes ao redor das cidades e nas áreas rurais.

Por isso, o Slow Food e a Zero Waste Europe desenvolveram umas diretrizes para os municípios para reduzir a produção de resíduos alimentares, seguindo exemplos de projetos e iniciativas adotadas com sucesso em toda a Europa.

Marta Messa, diretora do Slow Food Europa, informa: “Por meio dessas diretrizes, pretendemos mostrar e dar exemplos concretos sobre o que um município pode fazer para reduzir o desperdício de alimentos como parte de uma transição mais ampla para sistemas alimentares sustentáveis, inclusive oferecendo incentivos ou um apoio financeiro a iniciativas locais, desenvolvendo um quadro regulatório, mas também fornecendo espaços físicos, consultoria, promovendo doações de alimentos e conscientizando sobre a questão do desperdício alimentar. O documento apresenta ações concretas que os municípios podem realizar, mas também informa sobre como os municípios podem incentivar os sistemas alimentares locais”.

Estudos de caso envolveram Paris e Mouans-Sartoux na França; Milão na Itália; Porto em Portugal; Ghent e Bruges na Bélgica, e mais de 300 cidades na República Tcheca; Ljubljana na Eslovênia, e Pontevedra na Espanha.

Na União Europeia (UE), a legislação vigente continua sendo insuficiente para agir de forma incisiva sobre o tema. A Diretiva-Quadro relativa aos Resíduos menciona apenas uma redução de 50% até 2030 para consumidores e comércio que, contudo, não se tornou obrigatória. Entretanto, a estratégia da UE “Farm to Fork” (“do Prado ao Prato”), recentemente implementada, abre o caminho para a adoção de metas obrigatórias, que serão baseadas na medição do nível de resíduos alimentares que os Estados-Membros terão que alcançar até 2022.

A fim de combater o desperdício de alimentos e, de modo mais geral, garantir uma transição adequada para sistemas alimentares sustentáveis, a União Europeia criou a política de pesquisa e inovação Food2030 da UE, que assenta em 4 prioridades transversais, entre elas a circularidade e eficiência de recursos, com um objetivo claro: alcançar a meta de zero desperdício de alimentos. Dezenas de cidades na Europa estão desenvolvendo políticas com o objetivo claro de implementar localmente essas prioridades.

Os municípios têm um papel importante e uma grande responsabilidade na formação dos sistemas alimentares locais e no combate ao desperdício alimentar. As recomendações publicadas pela Zero Waste Europe e pelo Slow Food representam uma ferramenta concreta para as 11 cidades envolvidas no projeto Food Trails, do qual o Slow Food é parceiro, bem como os outros projetos em andamento da Food2030.

 

Gabinete de Imprensa do Slow Food Internacional

Alessia Pautasso – [email protected] (+39) 342 8641029

Paola Nano – [email protected] (+39) 329 8321285

O Slow Food é uma rede mundial de comunidades locais fundada em 1989 para combater o desaparecimento das tradições alimentares locais e a disseminação da cultura do fast food. Desde então, o Slow Food cresceu e se tornou um movimento global que envolve milhões de pessoas em mais de 160 países e trabalha para que todos possamos ter acesso a alimentos bons, limpos e justos.

 

Change the world through food

Learn how you can restore ecosystems, communities and your own health with our RegenerAction Toolkit.

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.
Full name
Privacy Policy
Newsletter