Terra Madre Salone del Gusto 2020, uma nova proposta

Uma edição global, física e digital, que começará no dia 8 de outubro para uma viagem de 6 meses por todos os países da galáxia Slow Food

O Terra Madre Salone del Gusto se realizará em 2020 de uma forma totalmente diferente, para cumprir com as novas exigências impostas pela Covid-19 e, a partir de 8 de outubro e durante seis meses, envolverá todos os países da galáxia Slow Food, mobilizando tecnologias digitais, eventos físicos difundidos e novos formatos. O evento mais importante dedicado ao alimento bom, limpo e justo, ao meio ambiente e às políticas alimentares, organizado pelo Slow Food, Região Piemonte e Cidade de Turim, não será cancelado, mas ao contrário, reafirmará o seu compromisso em defesa do alimento de qualidade.

“Hoje, mais do que nunca, é preciso trabalhar para implementar novos paradigmas econômicos, ambientais e sociais mais sustentáveis. Transformar a crise alimentar desencadeada pela Covid-19 em oportunidades de revitalização da terra, começando por formas de agricultura, hospitalidade e turismo capazes de gerar bem-estar para a região e a comunidade. Mais uma vez, queremos alcançar os nossos objetivos dando voz às comunidades que, nos últimos meses, se mobilizaram em todo o mundo, apoiando os pequenos produtores, mantendo vivos os sistemas alimentares locais e protegendo as pessoas mais vulneráveis. O Terra Madre Salone del Gusto não é uma feira que pode ser adiada de um ano para o outro, é um evento de formação, encontro e compartilhamento, em que a rede de agricultores, criadores, pescadores, artesãos do setor alimentar, cozinheiros, jovens, indígenas e migrantes, recuperam a confiança e a coragem, e compartilham ideias e soluções para problemas comuns. E se, em consequência das normas de segurança em razão da pandemia, os delegados não puderem vir ao Terra Madre, levaremos o Terra Madre a todos os cantos do mundo e, com ele, Turim e o Piemonte”, diz Edie Mukiibi, Vice-presidente do Slow Food Internacional, ao apresentar os desafios e as metas do Terra Madre Salone del Gusto 2020.

Um evento totalmente modificado a partir de alguns objetivos fundamentais:

  • O futuro do alimento. Estimular um amplo debate a partir da visão do Slow Food, graças às vozes de produtores, pesquisadores, especialistas e estudiosos, porque nunca foi tão importante falar de alimentos bons, limpos e justos para todos: para compreender as causas da pandemia, iniciar uma mudança e tornar a sociedade mais justa e sustentável, construir um futuro melhor do que o imaginado antes da Covid-19.
  • A rede Slow Food e Terra Madre. Identificar os pontos fortes, conteúdos, projetos, protagonistas e o compromisso de um milhão de ativistas em 160 países de todo o mundo para influenciar os comportamentos diários dos indivíduos.
  • As novas geografias. Confirmar o tema já escolhido para a edição de 2020: nesta fase histórica de soberanismos, nacionalismos, muros e arame farpado, o Slow Food defende novos paradigmas, que não apostam em barreiras, mas em raízes, não falam de nações, mas de culturas; alimentos sem fronteiras políticas, mas com profundas raízes locais.
  • Um novo evento. O Terra Madre Salone del Gusto 2020 vai lançar uma grande revolução digital que, ao longo de seis meses, oferecerá aos delegados da rede e ao público a oportunidade de se encontrar e debater um novo modelo de agricultura, produção e distribuição ligado ao alimento.

A edição 2020 do Terra Madre Salone del Gusto começará na quinta-feira, dia 8 de outubro, e durante os quatro dias inicialmente previstos no programa, desenvolverá um programa rico em eventos digitais e físicos, aproximando os milhares de nós da rede Slow Food aos milhões de ativistas que dela fazem parte, e muitas outras organizações e instituições.

O evento continuará nos meses seguintes com um extraordinário calendário de iniciativas que, em 160 países de todo o mundo, interpretarão os temas e desafios que afetam o futuro do alimento, do planeta e de seus habitantes.

De acordo com a evolução das medidas de contenção do vírus e com a possibilidade de viajar e organizar eventos com um público global, a maratona do Terra Madre Salone del Gusto 2020 voltará a Turim depois de atravessar os 5 continentes, para o encerramento, em abril de 2021, com o Congresso Internacional Slow Food.

“Será a maior edição até hoje: em termos de número de países envolvidos, de participantes – tanto nas iniciativas digitais como físicas, em termos de quantidade de ‘ações para a mudança’ que serão apresentadas por centenas de milhares de ativistas em todo o mundo. Depois desses 6 meses, teremos mudado profundamente, teremos tomado mais consciência do nosso potencial e seremos mais incisivos em relação ao futuro do alimento em todo o mundo. Turim e a região do Piemonte serão o coração dessa doce revolução: as propostas que orientarão as mais diversas ideias e iniciativas partirão do centro da rede; e a energia gerada por essas iniciativas voltará para o centro. Entraremos numa nova dimensão do Slow Food e do evento, e transformaremos a tragédia da pandemia no maior impulso de mudança da nossa história”, conclui Paolo Di Croce, secretário-geral internacional do Slow Food.

“Há eventos que são um símbolo para a região onde nasceram, mas que se tornam um patrimônio coletivo para além de qualquer fronteira geográfica. O Terra Madre Salone del Gusto sempre foi um exemplo disso – afirma o Governador da Região do Piemonte, Alberto Cirio, juntamente com a Secretária de Comércio, Cultura e Turismo, Vittoria Poggio, e de Agricultura e Alimento, Marco Protopapa. Comprometemo-nos a proteger e valorizar este patrimônio, inclusive neste ano tão difícil para todos. O nosso futuro se origina da terra. E queremos que seja um futuro em que possamos viver e compartilhar em segurança, mas juntos”.

A Prefeita de Turim, Chiara Appendino,e o Secretário de Turismo, Alberto Sacco, manifestaram sua grande satisfação por não só o Terra Madre Salone del Gusto ir em frente, mas também por colocar Turim, graças ao novo formato, no centro de uma edição ainda mais ampla e inclusiva, tanto em termos de tempo como de geografia. “Através desses projetos difundidos e atividades digitais, o evento contribuirá despertando a atenção das pessoas, conscientizando-as sobre políticas alimentares, valorizando os alimentos e promovendo suas qualidades sensoriais e autenticidade, ensinando também a prestar mais atenção aos métodos de produção dos nossos alimentos diários.” O novo modelo do Terra Madre Salone del Gusto é uma escolha inovadora num momento de dificuldade objetiva para a organização dos grandes eventos, de acordo com a ideia tradicional, que permitiu transformar um obstáculo em oportunidade, ampliando o porte do evento”.

As novidades mais importantes e a primeira parte do programa do Terra Madre Salone del Gusto 2020 serão apresentadas oficialmente em meados de julho, durante uma coletiva de imprensa global que envolverá alguns dos principais países envolvidos no calendário do evento, de Leste a Oeste, e Norte a Sul.

Saiba mais:

Baixe aqui a apresentação do Terra Madre Salone del Gusto 2020

Aqui uma galeria fotográfica em alta resolução da edição 2018 do Terra Madre Salone del Gusto

Assessoria de imprensa

Slow Food: Paola Nano +39 3298321285 – Giulia Capaldi +39 3428278485 – [email protected]

Prefeitura de Turim: Luisa Cicero – +39 01101121932 – [email protected]

Governo da Região do Piemonte: +39 0114322549 – [email protected]

Slow Food é uma rede mundial de comunidades locais fundada em 1989 com o objetivo de contrabalançar o desaparecimento das tradições alimentares locais e a difusão da cultura do fast food. Desde então o Slow Food cresceu e se transformou em um movimento global, que envolve milhões de pessoas em mais de 160 países e que trabalha para que possamos ter acesso a uma alimentação boa, limpa e justa.

  • Did you learn something new from this page?
  • yesno