Terra Madre Salone del Gusto 2016 revela as novidades!

Novidades importantes para o evento internacional que, a cada dois anos, traz para Turim (Itália) milhares de agricultores e produtores artesanais de 150 países: no vigésimo aniversário da primeira edição do Salone del Gusto e trinta anos após a fundação do Slow Food, na Itália, os organizadores decidiram celebrar os dois eventos com uma novidade.

O local

A realização dentro do complexo feirístico já teve o seu tempo: os temas ligados à filosofia do alimento bom, limpo e justo, difundidos pela rede mundial do Slow Food e Terra Madre, já pertencem a todos, e o evento deve ser aberto a um público cada vez mais amplo.

É por isso que o governo da Região do Piemonte, a Prefeitura de Turim e o Slow Food decidiram abrir as portas do evento e “invadir” os lugares mais bonitos e importantes da cidade. O Parco del Valentino, o Borgo Medievale, o Palazzo Reale, o Teatro Carignano, o Circolo dei Lettori e a Reggia di Venaria, declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, são apenas alguns dos espaços onde o evento será realizado.

O nome

Desde 1996, ano da primeira edição, o Salone del Gusto cresceu e mudou com o Slow Food. Em 2004, a primeira edição do Terra Madre deixou marcas profundas na associação internacional como um todo e, consequentemente, também no Salone del Gusto, até a sua fusão em um evento único em 2012.

A partir de 2016, para reafirmar que não pode haver prazer gastronômico sem responsabilidade e sustentabilidade, e para destacar o papel das comunidades do alimento, o nome do evento será Terra Madre Salone del Gusto.

As datas

O Terra Madre Salone del Gusto será realizado de 22 a 26 de setembro de 2016. A realização do evento um mês antes da data tradicional dará a possibilidade de usufruir o clima mais ameno do final do verão/começo do outono e de aproveitar ao máximo as belezas da cidade de Turim.

Carlo Petrini, presidente do Slow Food, afirmou: “Já no encerramento da Expo 2015, tínhamos anunciado que o nosso trabalho era apenas um novo início: Terra Madre Salone del Gusto, com sua nova abordagem, representa a essência desse compromisso renovado e da vontade de prosseguir o caminho que o Slow Food iniciou em 1986. A melhor forma, portanto, de celebrar não apenas os 20 anos do Salone del Gusto, mas também os 30 anos do nascimento do Slow Food na Itália”. Acrescentou ainda: “Hoje, mais do que nunca, queremos criar um evento em sintonia com os locais que o recebem, conscientizando cada vez mais visitantes sobre o respeito ao nosso patrimônio comum. Por isso, não construiremos estruturas em praças e locais históricos de Turim e tentaremos deixar uma contribuição concreta para o bem comum na cidade”.

Para maiores informações, entre em contato com o departamento de imprensa do Slow Food Internacional:

Paola Nano, +39 329 8321285 p.nano@slowfood.it

Organizado pela primeira vez em 1996, o Salone Internazionale del Gusto é um dos mais importantes eventos do mundo dedicados aos produtores artesanais de alimentos e vinhos, além de representar uma oportunidade de troca de experiências para produtores e coprodutores do mundo inteiro.

A última edição, que se realizou no Lingotto Fiere de Turim em outubro de 2014, atraiu cerca de 220.000 visitantes de mais de 60 países, contou com a participação de 3.000 delegados do Terra Madre de cerca de 260 países e organizou um grande mercado com mais de 1.200 expositores de 100 países, entre eles, 300 produtores das Fortalezas Slow Food e 400 comunidades do alimento do Terra Madre, divididas por áreas geográficas.

O Slow Food envolve milhões de pessoas que se dedicam e que defendem o alimento bom, limpo e justo: são cozinheiros, jovens, ativistas, agricultores, pescadores, especialistas e acadêmicos, em mais de 158 países. A rede conta com mais de 100.000 associados, reunidos em 1500 convivia (grupos locais) no mundo inteiro. Os associados contribuem ao movimento com suas inscrições, e com a organização de eventos e de campanhas. A rede conta ainda com mais de 2000 comunidades do alimento do Terra Madre, que praticam, de forma sustentável, a produção de pequena escala de alimentos de qualidade.

  • Did you learn something new from this page?
  • yesno