Slow Food
   

Terra Madre Day: uma celebração global de culturas gastronômicas locais


Italy - 01 Dec 11

Aqui os eventos cadastrados até hoje:
www.slowfood.com/terramadreday

No dia 10 de dezembro, os associados Slow Food, e os membros da rede do Terra Madre no mundo inteiro, se reunirão, idealmente, para celebrar o Terra Madre Day. Festivais gastronômicos, jantares, feiras rurais, eventos culturais, palestras: são apenas algumas das inúmeras iniciativas organizadas por ocasião da terceira edição do dia mundial, promovido pelo Slow Food, para celebrar o alimento bom, limpo e justo, de produção local. Até agora, no site slowfood.com/terramadreday já foram registrados 600 eventos em 110 países, com 100.000 pessoas envolvidas, mas o número continua crescendo de hora em hora.

Na Europa, muitos eventos tem por objetivo o futuro da agricultura e o papel dos jovens agricultores. Na Romênia, representantes políticos, agricultores, jovens, discutirão, em dois eventos públicos, sobre a reforma da PAC (a Política agrícola comunitária), na Holanda, jovens da Europa toda, participarão de uma palestra e de uma série de oficinas dedicadas para os jovens.

Dos Estados Unidos à Grã Bretanha, a rede está organizando jantares e loterias para arrecadar fundos, que serão destinados à criação de Mil hortas na África, o projeto mais ambicioso do Slow Food para 2011 e objetivo principal do Terra Madre Day deste ano. Desde seu lançamento, em outubro de 2010, foram adotadas 400 hortas em 25 países africanos. No dia 10 de dezembro, os coordenadores de uma das hortas, no Quênia, reunirão as crianças das escolas, suas famílias e as comunidades vizinhas, para explicar a importância da iniciativa. Durante o dia serão preparados e oferecidos pratos a base de hortaliças que resistem às secas. Saiba mais sobre o projeto Mil hortas na África.

Na Austrália, destaque do Slow Food Brisbane será a segurança alimentar e a redução dos desperdícios. O convivium vai preparar um jantar com alimentos ainda comestíveis mas que já não podem ser vendidos em supermercados, chamando assim a atenção dos consumidores sobre a grande quantidade de produtos que são normalmente jogados fora, devido ao atual sistema de produção e distribuição.

Uma série de oficinas sobre a agricultura orgânica será organizada na Palestina, em Hebron, Belém, Ramallah e Jenin para agricultores, estudantes universitários e verdureiros que recém começaram suas atividades. Na Universidade Al Najah de Nablus e em Tulkarem, serão organizados encontros parecidos com um foco específico sobre a segurança alimentar e a agricultura sustentável.

Na Índia, em Mawphlang, no estado de Meghalaya, um festival sobre a gastronomia indígena, terá por tema a diversidade alimentar da região. Haverá também oficinas de de educação ao alimento e seminários específicos voltados para os mais jovens.

Em Figueras, na Espanha, 18 restaurantes que participam da campanha Km0, que estimula os chefs a utilizarem produtos locais, participarão de uma competição com pratos da tradição local.

As crianças da escola de Candelaria, em Cuba, comemorarão o Terra Madre Day plantando árvores na horta escolar, e preparando um almoço para os agricultores de sua comunidade.

A mandioca, ingrediente nativo da América do Sul e muito presente nos países em vias de desenvolvimento, será o foco das atividades de dois convivia no Brasil. Objetivo das iniciativas é suportar a produção da farinha de mandioca, atualmente em risco, devido a leis muito rígidas sobre sua produção.

Um festival gastronômico será dedicado aos pomares de Almaty, no Cazaquistão. As últimas áreas de bosque, onde cresce a variedade silvestre de maçã Sievers, se encontram perto da cidadezinha. Nos últimos 30 anos, a superfície destes bosques se reduziu na medida de 20%, e as maçãs estão em risco de extinção. O Slow Food desempenha um papel fundamental na defesa deste patrimônio único, e o Terra Madre Day será uma oportunidade para chamar a atenção do mundo sobre esta variedade de maçã que corre o risco de desaparecer.

Saiba mais: www.slowfood.com
Saiba mais: www.terramadre.org

Departamento Imprensa do Slow Food Internacional
Paola Nano, +39 329 8321285, p.nano@slowfood.it
Elisa Virgillito +39 0172419666 e.virgillito@slowfood.it
Anne Marie Matarrese +39 0172419645 a.matarrese@slowfood.it